segunda-feira, 24 de outubro de 2016

E então essa vidinha sentimental, cara Alima?

Não existe. Simplesmente não existe. Grandes expectativas deveriam levar a grandes sucessos ou a grandes fracassos e até à data nem uma coisa nem outra.

Há muito, muito tempo poderia estar agarrada a um balde de chocolates e a beber litros de coca cola como forma de amenizar a minha angústia. E estive, é certo. Mas ter quase 30 anos, não é só um número mas também experiência de vida. 
A expectativa era enorme, o momento era perfeito e o sacrifício foi grande. Mas há gente que tem uma capacidade brutal de arrasar tudo. Nas primeiras 72 horas após este arraso eu senti-me péssima, uma dor forte no peito, uma falta de ar horrível e um sentimento de angústia devastador. Mas depois, depois disse-lhe que friendzone não funciona comigo quando estou interessada em alguém. Se não é meu para o que quero,  também não serei dele para o que ele quer, que neste caso era só e apenas amizade. Afinal de contas a Cinderela perdeu o sapato, não perdeu o amor próprio.

E foi assim que num sentido metafórico, fiz as malas e parti. Parti e deixei-lhe a chave. Aos pouquinhos vou apagando as sms dele, as mensagens no whatsstapp. Aos pouquinhos vou deixar de pensar nele, de sonhar com ele e de observar se está online no whatssapp só para ter a certeza que ele está bem. Aos pouquinhos vou apagando-o da minha vida e passará a ser uma ténue lembrança. Poderia estar agarrada a um balde de chocolates e a beber litros de coca-cola. Mas não, não estou. 

1 impressões:

Agridoce disse...

Querer apenas a amizade, é fazer o outro perder o amor próprio?

Curioso, nunca tinha visto as coisas dessa perspectiva...

Enviar um comentário