sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Psiquiatrices: O melhor veterinário do mundo

O professor passou-me para a mão um caso que achei um tanto interessante...
Faço (re) admissão de um homem, na casa dos seus cinquenta anos, veterinário de profissão numa cidadezeca pequena perto da fronteira com a Polónia. Um senhor com um inglês bem fluente, muito bem parecido.

Segundo a entrevista, o homem garantia-me que era o melhor veterinário do mundo.Tão bom, tão bom, tão bom que fora convidado para ser chefe de departamento numa  faculdade de medicina veterinária nos Estados Unidos. Segundo ele, deverá partir dentro de dois meses, data estabelecida pela dita faculdade.
E como não quer regressar à Europa, e como não quer voltar a ver a esposa, porque ela não aceita, nem compreende a sua decisão de trabalhar nos States, resolveu meter os papeis para o divórcio.
Tem entrado em contacto com a dita faculdade para negociar a questão dos honorários, assim como se deslocou à capital para ir ao consulado americano para tratar de um visto permanente para viver e trabalhar nos Estados Unidos.

Fora o consulado norte-americano que dera o aviso  de que provavelmente este senhor terá algum desvio comportamental. O consulado. 

0 impressões:

Enviar um comentário