segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Reunião de Condomínio (I)


Hoje fiquei responsável por assistir à reunião dos Condomínios de um apartamento que os meus pais têm. Vivi nesse apartamento até aos meus 14 anos, guardo boas memórias do bairro, infelizmente não conservei amigos de lá, apenas conhecidos que volta e meia se cruzam comigo na cidade. 

Só vou ao bairro uma vez por ano e sempre para a bendita reunião. Afinal de contas temos a sorte de ter uns inquilinos fantásticos que nunca nos deram problemas.

Reunião dos condomínios no prédio significa sempre uma coisa: pancadaria verbal quase a roçar para a pancadaria física. Ou porque as despesas do jardim são muito grandes, ou porque a mola da porta do elevador do rés-do-chão está estragada há 10 anos o que faz um estrandalhaço sempre que se fecha a porta, ou porque a mulher da limpeza deixa sempre tudo sujo. Palavras menos simpáticas sobre as mães e coisas do género são sempre ditas na reunião não fossemos nós todos gente do Norte.

Assim que cheguei, já estava a minha vizinha do Rés-do-Chão a pôr bolinhos e chazinho no hall do prédio. Comecei mentalmente a imaginar alguém a apanhar com o chá nas trombas em algum momento mais quente da discussão. Por simpatia, perguntei-lhe que era feito da Jéssica, a filha dela, que pelas minhas contas teria uns 15 anos, pois lembro-me de a pegar ao colo pouco antes de ter mudado de casa.

- A Jéssica? Oh… teve uma menina muito bonita há dois meses! É tão riquinha!

- A Jéssica já é mãe? Que idade ela tem?- perguntei-lhe admirada.

- A Jéssica fez 15 anos na semana passada. Foi mãe aos 14 anos. – respondeu-me.

- E a vizinha que pensa disso? Quer dizer, é bem mais nova que a minha mãe e já é avó…

- Olha, sou avó aos 40. Não é gostasse muito da ideia. Sou mais mãe da minha neta que a minha filha. Ela engravidou, não quis abortar, o namorado dela estava todo contente, era só love aqui e ali… tudo um mar de rosas. O rapaz tem 16anos. Mas sabe? Ele em pouco tempo deixou a minha Jéssica. Já emprenhou outra miúda aqui do bairro. Sabe uma coisa? Haja vida e Saúdinha. 


Haja Vida e Saúde. E tempo para tomar pílulas ou colocar preservativos correctamente, não?

2 impressões:

Lia disse...

Haja saúde!

Ai balhamusdeuses!

capitão disse...

Se for perfeitinha, cria-se como os outros e há mais vida nessa casa. Quanto à Jessica, se ela for prendada vai endireitar a vida e tudo acabará em bem! Haja saudinha!

Enviar um comentário