segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Estágio de uma semana num Centro de Saúde em Portugal

Alima passa no corredor em direcção à sala de Saúde Infantil, onde teria que acompanhar o médico e a enfermeira na consulta de fedelhos.
No corredor, sentados numas cadeiras, está uma mãe e um rapazinho de quatro anos que berrava a altos pulmões, porque a mãe tinha dado uma palmada porque não parava quieto. 
A mãe para o sossegar aquele espalhafato, vira-se para o puto e diz:
- Se não te portas bem, vais ver que a enfermeira vai te dar uma pica... das grandes!


Pensei cá para os meus botões (se bem que vontade não me faltava de dizer na cara daquela mãezinha):
 Caríssima senhora, com  este tipo de ameaças, é normal que o stress no seu petiz vai aumentar ainda mais. Se ele está irritado, agora vai estar amedrontado. Se ele chorava, agora vai-se desfazer em drama.  Ver uns marmanjos de bata branca, vai ser sinónimo de dor e de muita tortura na sua cabecinha. Se quer fazer ameaças, ameace em desligar o canal Panda durante umas horas. Não faça com que os senhores da bata branca sejam os responsáveis por todos os males.
Há conta de ameaças de picas das grandes, muita boa gente adulta tem o plano de vacinação desactualizado, assim como tem grandes dificuldades psicológicas para se deslocar a um médico por medo.

Não sou mãe, mas sou madrinha de uma miúda da idade do seu filho. Nunca daria uma palmada à minha afilhada (se bem que até tenho autorização para tal), mas a catraia sabe parar de se armar em parva quando lhe lanço um olhar fulminante. São putos, mas não são assim tão parvos.   


Escusado será dizer que o miúdo ficou fora de si mal entrou na sala. Não houve Disney nem Pocoyos que o ajudassem. Pânico.  E o simples toque de um estetóscopio para verificar o estado dos seus pulmões foi assim uma coisa bem dolorosa... 

2 impressões:

Lia disse...

Com uma gritaria tal, nem precisavam de "esteto" para saber que o petiz tem os pulmões em optimo estado ahahah

Anónimo disse...

M-e-d-o! Muito medo de ver pessoas a terem esse tipo de atitude "pedagógica".

Enviar um comentário