quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Regras da Sensatez

Noutros tempos, quando alguém fazia uma crítica sobre alguém, eu costuma concordar com essa pessoa, porque sem querer via exclusivamente o lado negativo sobre esse alguém...

Acontece que este Verão, gastei uns míseros cinco euros num livro chamado "Regras para o Sucesso Profissional" e num dos capítulos falava que alguém ponderado nas críticas tem tendência a ter melhor sorte que aquele que está sempre de arco e flecha, pronto para apontar em alguém. Falava também que aquele que quando ouve uma crítica sobre alguém, deve SEMPRE apontar os aspectos positivos sobre essa pessoa, sim porque todos nós temos qualidades.


Achei piada quando li tais capítulos porque isto não é novidade nenhuma... mas muitas vezes esquecemos-nos destas regras de ouro.

Na semana passada, estava eu sentada num banco com uma colega portuguesa, perita a destilar fel sobre todos:

- Sabes Alima, não vou com a cara daquela grega que veio de transferência para o nosso grupo... é tão pãozinho sem sal. Deve ser uma falsa!
- Hummmm eu até à data não tenho nada contra ela- respondi.
- Pah... como te vou explicar... é esquisita... veste-se de negro, não fala com ninguém. Que anti-social que ela é.
- Ela sempre foi amável comigo. E eu também tento ser simpática com ela.- disse.
- Cá para mim é mais uma grega burra corrida da universidade X! Viste que ela não sabia aquilo sobre Cirurgia que era tão fácil!?
- Talvez seja um bocadinho limitada... mas já fiz a minha boa acção: emprestei-lhe os meus apontamentos e a minha pendrive com o material das cadeiras. Se depender de mim, ela não vai chumbar.

A portuguesa olhou para mim com cara de aparvalhada, já que eu não sou pessoa de passar material a ninguém.
- Não gosto da grega. - insistiu.
- Olha, eu acho-a uma fofinha. E se lhe deres um tempo, vais ter a mesma opinião que eu.

A portuguesa apaga o cigarro e pergunta-me:
- Olha lá... hoje deu-te para seres 100% do contra do que eu digo?



1 impressões:

S* disse...

Idiota com a mania que tem graça criticar os outros...

Enviar um comentário