sábado, 1 de março de 2014

Janeiro de 2014

Uma das coisas que mais gosto quando estou de férias é acompanhar a mãe até ao seu cafè habitual da tarde com as amigas.
Há uma dessas amigas que é muito chic. Ou assim ela se acha.
Conversa dela.
- Sabe Alima, o meu marido anda com uns problemas de articulações e anda a tomar X e Y. Mas ele anda a queixar-se muito de dores de olecrano.

E pronto iniciou um discurso com a palavra olecrano incluída para aí umas cinquenta vezes:  olecrano para aqui, olecrano para aí, olecrano para baixo, olecrano para cima.

Pouco tempo depois, a fulana saiu do café.
A minha mãe pergunta-me:
- Mas que raio é o olecrano?
- Cotovelo. Ele tem dor de cotovelo, mammy.
- AHHHHHHHHH!

0 impressões:

Enviar um comentário