sábado, 15 de fevereiro de 2014

Carta ao meu tipo de homem ideal

Penso eu que ainda não nos conhecemos... Mas se já nos conhecemos sinto-me triste por nunca ter pensado em ti como tal. Talvez seja por culpa minha, eu, cega e distraída que sou, nunca consegui interpretar-te como sendo o homem com quero passar o meu futuro...E se nos conhecemos, há também a possibilidade de que nunca tenhas pensado em mim até então como mulher...

Mas o futuro, essa grande incógnita existe sempre. Podemos morrer amanhã e não chegarmos sequer a conhecermos-nos. Isso seria uma pena tremenda... E se vivermos até ao dia em que nos olharmos um ao outro e pensarmos que talvez a nossa existência valeu a pena, quero ter a certeza que a felicidade estará de mão dada a nós.

Antes que me digas que me amas, quero que digas que me respeitas. Que me respeitas como mulher, como tomadora de decisões, como membro de uma família que é a de sangue e a de afectos.
Quero que sejas honesto comigo. A honestidade muitas vezes traz consequências, mas julgo que essas consequências são bem piores quando mentimos. Se a minha atitude não está a ser a mais correcta, corrige-me por favor. Se tenho um rasgão no casaco, ou o cabelo desalinhado, avisa-me por favor. Se achas que as coisas entre nós não estão a dar certo, conversa comigo. Não te distancies de modo a que eu pense que a culpa é tua... ou que a culpa seja toda minha...

Não sou muito exigente com a beleza física de um homem. Nem todas as mulheres são loiras e de olhos azuis, logo eu não posso exigir tal coisa de um homem.
A única coisa que te peço é que sejas um homem com alguma cultura geral. Gosto de conversas de todos os temas. Lê livros, ouve músicas, vê filmes e documentários. Uma relação só é uma relação quando há partilha de ideias. Sempre ouvi dizer que devemos dormir com livro na mesinha de cabeceira. Ou então com alguém que pelo menos já leu um...
Tenta te informar um pouco sobre política. Tenta saber um pouco sobre geografia e história e de coisas relacionadas com medicina. Esses são os meus tópicos favoritos. E se queremos passar a nossa vida juntos, é bom que possamos compartilhar ideias e de que haja feedback sobre aquilo que compartilhamos. E eu prometo que farei um esforço para saber algo sobre futebol e de carros.
Adoro viajar... espero bem que também gostes.
Adoro paisagens nocturnas e o pôr de sol à beira mar. Contudo não gosto de passar muito tempo na praia, porque o sol aflige-me. Mas se gostares assim tanto de praia, prometo que me distrairei com algum livro.
Verão para mim é sinónimo de esplanadas durante a noite com um ou dois finos a acompanhados por um grupo de amigos. E algumas noites passadas na discoteca à beira mar com o mesmo grupo de amigos
Inverno é sinonimo de lareira, manta polar e filmes. Ou então na casa de amigos a jogar monopoly e a ver filmes acompanhados por fondue e pão com chouriço caseiro.

Não sou muito exigente, espero que não o sejas também...
Até uma próxima carta,

Alima





0 impressões:

Enviar um comentário