sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Querida L.

Visto que sou uma boa aluna e gosto de ajudar os outros, andei a dar explicações de Patologia a uns amigos. Como estávamos perto do Natal, eles agradeceram-me com um cesto todo fofinho cheio de latinhas e de caixas de bombons. Tinha latinhas de trufas, de merdinhas gourmet e...caviar!

Os bombons marcharam quase todos numa semana, o caviar e as merdinhas gourmet guardei para levar para Portugal. Se é trés chic, que seja comido em família! Mas antes disso perguntei-lhe como é que se deve comer realmente o caviar. Nunca tinha provado, alguém já me tinha dito que era uma porcaria e tal. Então eles me explicaram que deveria por uma taça de gelo, depois rodelas de limão em cima do gelo e só depois o caviar. Explicaram-me que deveria ser servido com uma colher de madrepérola (onde raio arranjo eu isso mesmo?) porque as colheres de metal cortam o sabor.

Cheguei a casa com as latinhas, obriguei a minha mãe a esperar mais uns dias para provar a porra do caviar.


Noite da consoada. cumpri religiosamente tudo que a malta me explicou. Esfregou-se as mãos. Usou-se um botão de madre pérola para ser servido o caviar. Meteu-se à boca. Degustou-se.
A primeira a dar o seu parecer foi a minha irmã: ESTA MERDA SABE A PEIXE COM KILOS DE SAL.
Eu e a mãe concordamos. Fechou-se a lata do caviar para o jantar no dia seguinte na casa da minha tia.

Eu adoro a minha tia. É a pessoa mais genuina que conheço. Diz txouriça e nós foi e nós semos, mas eu adoro-a mesmo. Pus na mesa o caviar. A irmã dela (que não é minha tia) gaba a textura e o sabor, o paladar (trabalhas numa fábrica, que caraças sabes tu disso, perguntava a mim própria!). A minha tia, pega num pedaço de broa, mete caviar em cima, mastiga e diz:
- Pu*a que pariu a isto! Andas a trazer destas merdas da Rússia ou lá o que é que não valem um cara***o? Vou pôr masé mais txouriça e fritar mais uns bolinhos de bacalhau!

Adoro-te tia...


PS. Tenho mais 3 latas iguais no frigorífico, para quem quiser...

1 impressões:

capitão disse...

Feliz 2014!

Enviar um comentário