terça-feira, 10 de dezembro de 2013

A avó e as nozes

Um dia, a minha mãe ofereceu um cesto de nozes ao meu pai, depois de lhe ter explicado em como partir nozes com a porta de casa. O meu pai, que nunca tinha visto um fruto assim, uma vez que na serra onde nasceu e cresceu, as nogueiras nunca vingavam, foi todo contente com a cesta de nozes para a casa dos meus avós paternos para mostrar a iguaria que a namorada lhe tinha dado.

Passado uns tempos a minha mãe perguntou-lhe o que é que tinha achado das nozes.
O meu pai disse que eram deliciosas. Mas que a mãe dele achou-as muito amargas. E o meu avô um pouco duras

Posto isto, a minha mãe ficou com três teorias:
1- O meu avô comeu as nozes com casca;
2- A minha avó comeu aquela casquinha preta que reveste a noz.
3- O meu pai não teve o cuidado para explicar aos seus pais de que o miolo é que interessa.



Fica o mistério por resolver....


1 impressões:

S* disse...

ahahah Que doido.

Enviar um comentário