terça-feira, 24 de setembro de 2013

Querido A.

Na semana passada começaram as minhas aulas. Logo no segundo dia de aulas tive aulas no hospital no serviço de Medicina e Cirurgia. Fiquei feliz por saber que o meu velho pijama branco do tempo em que estudava Enfermagem ainda me serve. Apenas retirei o bolso com o símbolo da antiga escola e pus um bolso branco. E felizmente eu não o queimei como tinha prometido na altura em que estava a acabar o curso porque senão teria de comprar outro pijama novo :)

Seja como for, usar pijama branco e ter um estetoscopio ao pescoço não é novidade para mim. Usei centenas de vezes quando era enfermeira. E por isso mesmo torci logo o nariz quando me tentaram tirar fotos para por no facebook com aquela indumentaria. Assim como torci o nariz ao ver toda a gente a publicar tais fotos nas redes sociais. Considerei uma atitude demasiado presumida por parte deles até. (Okok, tenho mais 6 anos que muitos deles...).

Seja como for, a primeira aula no hospital foi Interna. A professora mandou sentar o grupo na biblioteca do serviço e falou, falou, falou, gesticulou e gesticulou, mais trago de água, mais morder os lábios.
Falou na importância da Medicina Interna, que é nela que reside a arte da medicina bla bla bla. Pôs-se a explicar como deveríamos fazer uma anamnese mais-que-perfeita. Ameaçou-nos até de que se preferíssemos Cirurgia a Interna que estávamos literalmente chumbados a Interna.

Depois na aula da Cirurgia, o professor fez praticamente o mesmo discurso. Reforçou a ideia que só o cirurgião é que pode curar. Que a scum (escumalha) de Interna simplesmente aliviava sintomas e adiava a morte. E em vez de por-se a falar sobre anamnese e exame físico, pôs-nos a treinar suturas! Adiantou que se preferíssemos Interna a Cirurgia estaríamos chumbados também.

Apesar de eu ser sempre ter jurado que nunca olharia Cirurgia como um futuro, porque além de eu conhecer as minhas limitações em termos manuais admito que sou um bocado stressada para isso, juro que simpatizei mais com Cirurgia do que com Interna. Enquanto Interna falava em art, pathology, farmacology e help, Cirurgia falava em skills, cure, progresstechnology.

Acho que vou adorar isto mesmo....

0 impressões:

Enviar um comentário