quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Querida mana,

No Sábado passado foi a vindima na casa dos avós.
Pela noitinha, a mãe apareceu no Skype para ter dois dedos de conversa comigo.
Depois de ter falado sobre quantas pipas de vinho serão enchidas, quantas pessoas foram vindimar, quem foi vindimar, a mãe quase finalizou a conversa com:

- Sabes, estava eu perto da eira aos figos e vi um sapo. Não sei de onde é que ele vinha. Talvez viesse daquele riacho que passa no campo de não sei quem. O que é certo é que perto do sapo, nas pedras do muro estava uma cobra pequena. Pequenina mesmo. Pelo menos só vi a cabeça que era da grossura do meu polegar. E a  cobra produzia aquele som com a cauda e o sapinho  estava completamente hipnotizado. Então, eu com um pauzito afastei o sapo de perto do muro. Acho que salvei uma vida hoje. E senti-me tão bem com isso...!

Ainda bem mamã...


0 impressões:

Enviar um comentário